Clearing única 2017-08-30T13:47:41+00:00

Os mercados financeiro e de capitais no Brasil atingirão um novo patamar de excelência operacional com a implantação da segunda fase do Projeto de Integração da Pós-Negociação.

Nesse sentido, a B3 lançou uma série de vídeos e conteúdos sobre o Projeto de Integração da Pós-Negociação (IPN), mostrando: seus benefícios, funcionamento das principais clearings no mundo, novo modelo de cálculo de risco (CORE) e desafios do projeto. Acompanhe a divulgação das duas séries de vídeos, que trazem uma entrevista com o Diretor Executivo de Operações, Clearing e Depositária da B3, Cícero Vieira, e quatro vídeos com Diretores da Bolsa sobre:

  • administração de risco e garantias;
  • gerenciamento e liquidação das operações;
  • funcionamento da infraestrutura da central depositária; e
  • aspectos e funcionalidades do cadastro.

O projeto, pioneiro no mundo, consolidará quatro câmaras administradas pela B3 (Ações, Derivativos, Títulos de Renda Fixa Pública e Privada e Câmbio), trazendo uma série de benefícios para os participantes do mercado, que passarão a contar com uma estrutura única e consolidada de processos operacionais, regras, janela de liquidação e sistema de administração de riscos e garantias.

Assista agora

Administração de Risco e Garantias na pós-negociação

Gerenciamento e liquidação das operações de compra e venda

Funcionamento da infraestrutura da Central Depositária

Aspectos e funcionalidades do cadastro

Para mais informações sobre o treinamento Por Dentro da Clearing, acesse o site do B3 Educação.

Implantação do projeto

Confira os vídeos de apresentação da implantação do projeto IPN:

Gilson Finkelsztain, diretor-presidente da B3

Henrique Machado, diretor da CVM

Reinaldo Le Grazie, diretor de Política Monetária do Banco Central

Problemas para assistir aos vídeos? Acesse aqui.

BENEFÍCIOS

CORE

Um dos mais modernos e seguros sistemas de administração de risco do mundo

Em resposta ao nível de exigência cada vez mais elevado dos órgãos reguladores no controle de risco das operações, a Clearing única conta com um sistema próprio de cálculo de risco integrado, o CORE (Closeout Risk Evaluation).

O CORE possibilita maior eficiência na alocação de capital por realizar a avaliação conjunta de risco de portfólios heterogêneos, compostos por diferentes tipos de ativos, contratos e garantias nos Mercados de Bolsa e Balcão.

0
horizontes de risco
0
cenários de risco
0 bi
de preços simulados
0
carteiras têm seu risco calculado a cada cinco minutos

LINHA DO TEMPO

CONTATO

Dúvidas sobre o Projeto de Integração das Clearings? Entre em contato com a equipe responsável:

(11) 2565-5986te.ipn@bvmf.com.br